terça-feira, 9 de novembro de 2010

CHAMADOS A SANTIDADE

Quando se fala em santidade, parece ser algo impossível e ao mesmo tempo distante para nós, como seres humanos fracos e limitados. Embora seja uma ordem de Jesus para nós: “Sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito”. (Mt 5,48). O caminho para a santidade é uma busca incessante, é um convite do nosso Mestre Jesus Cristo ao seguimento e a nos despojarmos de nós mesmos, e ir ao seu encontro, pois somos inseridos nesta graça a partir do sacramento do nosso Batismo: “Na água do Batismo fomos lavados, santificados, justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e pelo Espírito de nosso Deus” (1Cor 6,11). Durante toda nossa vida, nosso Pai “nos chama à santidade” (1Ts 4,7). CIC 2813.
Este chamado nos possibilita a uma vida íntima e de entrega, sacrifício, amor e doação nas mãos do nosso Pai do Céu. Apesar da nossa pequenez, somos irradiados pela graça e força do Espírito Santo que habita em nós; “Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, o qual recebestes de Deus e que, por isso mesmo, já não vos pertenceis?” (1Cor 6,19).


Se somos este templo vivo do Espírito Santo, dado pelo Pai, precisamos reacender esta chama viva do teu amor em nós, este fogo abrasador dentro em nosso interior, e assim reavivar o imenso amor pelo qual fomos revestidos, e esta graça santificante se dá a partir do momento da nossa entrega total nas mãos de Deus.Tudo é possível quando nos abandonamos em seu amor. Santa Terezinha nos ensina: "Para mim acho que a perfeição é fácil de se praticar, porque compreendi que basta pegar Jesus pelo coração”. E dessa maneira precisamos nos deixar conduzir pela a força do Espírito Santo e assim caminharmos cada dia em busca da santidade.
Guiados pelo Espírito Santo, peçamos ao Pai que ajude-nos a progredir sempre no caminho que nos levará a santidade, dando-nos os frutos do Espírito: “caridade, alegria, paz, paciência, afabilidade, bondade, fidelidade, brandura, temperança”. (Gl 5,22).



Por Antonio

Nenhum comentário:

Postar um comentário