quinta-feira, 13 de maio de 2010

PROFISSÃO PERPÉTUA DO IR. VÂNIO BORGES SdC

Tivemos um fim de semana providencial. Na comemoração do “dia das Mães” estávamos em numa pequena cidade do interior do Paraná, Serranópolis do Iguaçu para a celebração de profissão perpétua do Ir. Vânio Borges SdC.
No dia 08/05 pela manhã tivemos a santa celebração eucarística e logo em seguida arrumamos o carro para pegar a estrada. Saímos de Piraquara (PR), por volta das 8:00 hs. Após 10 horas de viagem, chegamos na cidadezinha muito tranquila. Devidamente recepcionados, saboreamos uma deliciosa sopa. Logo em seguida, fomos acolhidos nas residências. Aliás, fica aqui nosso agradecimento!
No domingo, dia das mães, aconteceu à celebração eucarística de profissão perpétua do Ir. Vânio. Repleta de personalidades guanellianas, como o superior geral, Pe. Alfonso Crippa, o conselheiro, Pe. Carlos Blanchoud representante da América Latina, o provincial do Brasil, Pe. Ciro Attanasio e demais coirmãos da congregação.


Vânio Borges nasceu no dia 04 de fevereiro de 1979, em Medianeira (PR). Seus genitores são: Valdir Borges e Clarice Borges. É o primogênito da família. Tem uma irmã, Fabiana Borges, que é quatro anos mais nova.
Desde cedo já apresentava sinais de que seria uma pessoa envolvida na Igreja. Quando criança participava de peças teatrais e outras atividades na igreja e na escola. Muito extrovertido alegrava o ambiente aonde chegava. Como diz no evangelho a respeito de Jesus menino (Lc 2,40), assim também aconteceu: foi crescendo em estatura, graça, fé e sabedoria. Desde criança dizia que queria ser padre.
Na adolescência fez experiência com os missionários do Verbo Divino, em Ponta Grossa (PR), (pois, tinha aceitado o convite de um padre e tinha participado da missa de profissão perpétua do seu primo, Ir. Edgar Back SdC). Mas, quando uma pessoa é chamada para uma determinada missão não adianta tentar encontrar outra. Com o Ir. Vânio não foi diferente. Assim, depois de pouco mais de dois anos de caminhada com os verbitas, percebe que ali não é seu lugar e no mesmo ano ingressa na casa de discernimento vocacional da Congregação dos Irmãos e Padres Servos da Caridade, em Carazinho (RS). De lá para cá foram anos de muita entrega e preparação para seguir Jesus mais de perto.

Cursou filosofia em Viamão (RS), na Faculdade e Filosofia Imaculada Conceição, residindo no complexo guanelliano em Porto Alegre (RS), onde temos: uma obra social, o Educandário São Luis; o seminário filosófico; a sede da província Santa Cruz; a paróquia Santuário Nossa Senhora do Trabalho e a escola Don Luis Guanella. Fez os votos (Pobreza, Castidade e Obediência) temporários (para que seja renovado anualmente e após um determinado tempo, mínimo de três anos, possa se assim desejar requisitar a profissão perpétua) em 2005, junto com Tiago [o qual será ordenado sacerdote em setembro]. Ambos foram para Roma iniciar a Teologia.
Contudo, no ano seguinte (2006), Ir. Vânio pede para regressar ao Brasil. Fica em São Paulo (SP). No ano seguinte vai para Santa Maria (RS) fazer a etapa do tirocínio (etapa que antecede os votos perpétuos que pode ser equiparada ao estágio em que o candidato realiza antes de professar solenemente a entrega total a Deus nos serviço aos irmãos mais excluídos da nossa sociedade, até o findar da vida).
Atualmente reside em Carazinho (RS), desempenhando a missão de formador do seminário Menor (Ensino Médio) e auxiliando na obra Patronato Santo Antonio, que acolhe crianças em vulnerabilidade social (carentes; pobres). Além de cursar pedagogia.


“Procurai a ovelha perdida, reconduzirei a transviada, a que está ferida tratá-la-ei, à doente darei força, ao mesmo tempo que vigiarei a que está gorda e vigorosa”(Ez34,16)
Esta passagem bíblica foi escolhida pelo neo-professo perpétuo (religioso/consagrado) dos Irmãos e Padres Servos da Caridade. Toda família Guanelliana rejubila pelo “Sim” definitivo do Ir. Vânio Borges SdC (Servos da Caridade). Com certeza, nos céus e na terra, o dia 9 (nove) de maio, foi marcado por grande alegria.
Após a celebração houve um almoço festivo. Por volta das 15:00 hs. pegamos a estrada de volta para nossa casa. Para nós, postulantes, foi uma experiência muita rica, pois presenciamos um jovem consagrando-se definitivamente a Deus com muita entrega e, sobretudo, com ALEGRIA. Servindo de exemplo para nossa caminhada.



Por Tiago

Um comentário:

  1. Olá Tiago! Parabéns pelo artigo! Muito obrigada por contar em detalhes, de maneira tão bonita, como foi os Votos Perpétuos do Irmão Vânio! Como não pude ir, valeu sua explanação. Abraços! Que o Espírito Santo sempre te ilumine!

    ResponderExcluir