quarta-feira, 24 de outubro de 2012

24 de outubro dia do Santo 'Pai dos Pobres'


Com alegria, festejamos hoje a solenidade de São Luís Guanella, fundador da nossa Congregação (Servos da Caridade). A Vida do fundador é para nós revelação da bondade de Deus, pois, viveu intensamente pela confiança na Divina Providência de “Deus Papai”. Eis o que o Pe. Guanella disse: “Aquele Deus, que veste os lírios dos campos com roupas que Salomão jamais usou, não deixará faltar o necessário aos que trabalham exclusivamente para Ele e a maior glória do seu Nome”. Guanella estava convicto de que Deus amava a vida humana integralmente e incondicionalmente, por isso, o Paizinho do Céu Providenciava o necessário para os seus filhos amados.
       O Amor que o Pe. Luis alimentava por Deus Pai Providente foi o motivo pelo qual ele se santificou, por isso, gostaria de colocar em destaque uma exortação do fundador à caridade e à confiança na Divina Providência, pois essas duas virtudes fizeram parte do seu carinho para com Jesus, o seu amado.
      “Um Cristão não pode pensar e providenciar exclusivamente para si. Deve fazer o mesmo com seus irmãos, de modo especial os mais necessitados, física e espiritualmente. Eis a razão que impele os Servos da Caridade a sentirem com veemência esse desejo comum de auxiliar os próprios irmãos, tanto no corpo como na alma. Todos são filhos da família do Pai Celeste.
       Faz-se necessário restaurar todas as coisas em Cristo. Ora, para renovar as pessoas e restaurar as obras, convém realizar o desejo do Divino Coração. Aparecendo sob a configuração de uma fornalha, exclama: ‘Vim trazer ao mundo fogo da Caridade. E que desejo eu a não ser que este fogo se ascenda no coração dos homens?’
       Oh! Venha, qual incêndio Santo, o fogo da Divina Caridade! Que o Senhor envie o fogo da sua Divina Caridade e o mundo será renovado! Viver (além do mais) em grande pobreza e abandonar-se completamente nas mãos da Divina Providência constitui virtude de elevada perfeição. A Divina Providência é sempre uma mãe muito querida para seus filhos”. Aprendamos através do testemunho profético de São Luís Guanella a nos abandonar nos braços do Pai Providente sob o olhar materno da Mãe. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário